Levantamento Provas

Levantamento Provas

Levantamento Provas em muitos casos de inquéritos; policias; e autos jurídicos, determinados indivíduos não são levados a julgamento da maneira que prevê a lei; por falta de provas e ou ausência delas.

Muitos dizem que os Detetives Particulares; não trabalhando juntos por questões de incompatibilidade. Isso não é 100% verdade pois; muitas vezes os órgãos militares e ou judiciais; necessitam de uma ajuda extra.

Um exemplo prático foi o caso de Mércia Nakashima:

Advogada assassinada em maio de 2010, onde pescador testemunhou um indivíduo empurrando um carro para dentro do rio.

Esta informação chegou até os familiares da vítima; que foi posteriormente passado para o Delegado Olin:

Que até o momento estava conduzindo a investigação.

A princípio não houve muita credibilidade nessa informação; mesmo por que; a vítima havia sido dada como desaparecida pois; não se havia encontrado o seu corpo ainda.

Assim o irmão da vítima contatou os bombeiros; para que se fossem até o local para procurar o veículo; e realmente foi encontrado o veículo da vítima nesse rio; mas o corpo foi localizado somente no outro dia.

Para mais informações sobre o caso; fica baixo o link da entrevista completa com o Delegado Olin.

https://www.youtube.com/watch?v=kFCgwIKKo2M

Mas; vamos imaginar que no caso de Mércia; essa informação estive dada como irrelevante; provavelmente a investigação haveria tomado um rumo bem mais demorado até a conclusão da mesma.

Pois mesmo com diversos policiais e investigadores trabalhando em cima do caso.

Um dos pontos mais importantes para o sucesso da investigação; foi tomada por um civil; o qual era irmão da vítima.

É nessas condições que vale sempre ressaltar que um Detetive competente; não deve deixar passar nenhuma informação em “branco”, toda e qualquer informação sendo ela verdadeira ou não.

E sob consentimento e permissão das autoridades jurídicas; quando um Detetive trabalhar em algum determinado caso junto com a polícia, cabe também ao Detetive localizar provas.

Muitas vezes devido ao excesso se pressão psicológica em um determinado caso; talvez os policiais deixem passar algo despercebido.

Detetive que pode estar em uma condição psicológica mais controlada; talvez venha a notar esse detalhe que todos deixaram passar; e sua natureza seria essencial para sucesso da investigação.

Também é função do Detetive quando auxiliar em algum caso criminal; este também fica responsável na elaboração de laudo pericial.

O laudo pericial; funciona como uma espécie de relatório, elaborado por um técnico ou especialista:

O laudo pericial tem como objetivo registrar a avaliação; tanto do ambiente quanto da vítima se a mesma se encontrar presente no local.

O laudo é de extrema importância; pois ele também é reconhecido como prova criminal; e a partir dos registros do mesmo; o juiz fica responsável em impor a sentença para determinado crime, baseando-se nas provas do laudo.

Mas o juiz não tem a obrigação de aceita-lo como prova; podendo aceita-lo ou não como prova do crime.

Tendo isso em vista, o Detetive; deve recolher o máximo de provas possíveis, isso ajudar não somente a solucionar um crime.

Dentre diversas provas que se poder adquirir as essenciais são:

-Se há manchas ou marcas a roupa do indivíduo ou da vítima.

-Sinais de luta.

-Se o crime foi cometido com arma branca ou de fogo, quantos tiros foram disparados.

-Onde os projeteis de tiro acertaram.

-Se há sinais de arrombamento.

-Se existe algum histórico de mensagens de ameaças.

-Consultar os vizinhos para saber se os mesmos notaram alguma movimentação entranha.

Existem diversas situações que pode contribuir como prova.

Por essa razão o Detetive prestar a atenção em cada detalhe.Levantamento Provas:

Se o Levantamento Provas forem levantadas e dirigidas ou acompanhadas por uma autoridade policial; pode ser de grande utilidade.